Quirógrafo do Papa na véspera da beatificação

José Gregório Hernández Cisneros copadroeiro
do curso de Ciências
da paz na Lateranense

cq5dam.thumbnail.cropped.500.281.jpeg
04 maio 2021

O médico venezuelano José Gregório Hernández Cisneros (1864-1919) — que foi proclamado beato no dia 30 de abril, em Caracas — torna-se “copadroeiro” do ciclo de estudos em Ciências da paz, instituído pelo Papa Francisco na Pontifícia Universidade Lateranense, em novembro de 2018. Estabeleceu-o o próprio Pontífice com um quirógrafo divulgado na véspera do rito de beatificação presidido, em representação do Papa, pelo núncio apostólico na Venezuela, D. Aldo Giordano, depois que a presença prevista do cardeal secretário de Estado Pietro Parolin foi cancelada por motivos de força maior, ligados sobretudo à pandemia de Covid-19. Por sua vez, o substituto da Secretaria de Estado, D. Edgar Peña Parra, presidiu à missa em ação de graças em Roma, na paróquia de Santa Maria “ai Monti”, na tarde de domingo 2 de maio, com a participação da comunidade venezuelana residente na capital, que habitualmente se reúne nessa igreja para a celebração eucarística.

Tendo em consideração o pedido do Venerado Irmão Senhor Cardeal Baltazar E. Porras Cardozo, Administrador Apostólico da Arquidiocese de Caracas (Venezuela), com a Carta n. aac/26-21, de 9 de março de 2021;

deferindo a petição do Magnífico Reitor da Pontifícia Universidade Lateranense;

Disponho de bom grado

que o Venerável Servo de Deus José Gregório Hernández Cisneros, Fiel Leigo, nascido a 26 de outubro de 1864, em Isnotú (Venezuela), e falecido no dia 29 de junho de 1919, em Caracas (Venezuela), cuja Beatificação tem lugar na Arquidiocese de Caracas em 30 de abril de 2021, seja nomeado Copadroeiro do Ciclo de Estudos em Ciências da Paz, por mim instituído na Pontifícia Universidade Lateranense, mediante a Carta Il desiderio di pace, de 12 de novembro de 2018 (aas, cx [2018], 1720-1722), colocando-o ao lado do Beato Giovanni della Pace.

Vaticano, 26 de abril de 2021.

Franciscus