No final da prece mariana o Pontífice benzeu as imagens do Menino Jesus

Sinal de alegria e esperança

cq5dam.thumbnail.cropped.500.281.jpeg
15 dezembro 2020

No domingo no qual se renova «o convite à alegria caraterístico do tempo de Advento», o Papa abençoou as imagens do Menino Jesus levadas à praça de São Pedro por um grupo de crianças que participaram no Angelus de 13 de dezembro em representação dos seus coetâneos de Roma. Com efeito, este ano, o tradicional encontro organizado pelo Centro de Oratórios de Roma (Cor) – por causa das medidas de segurança adotadas para contrastar a difusão do contágio de Covid-19 – teve lugar de modo “difundido” e foi celebrado no final do Angelus sobretudo em cada uma das comunidades paroquiais. Francisco concedeu a bênção no final da prece mariana, frisando que «as imagens do Menino Jesus, que serão colocadas no presépio» são «sinal de esperança e de alegria» sobretudo num tempo difícil como este, devido à pandemia. Anteriormente, comentando o Evangelho do terceiro domingo de Advento (João 1, 6-8.19-28), o Pontífice recordou que «a alegria deve ser a caraterística da nossa fé», pois deriva da consciência de que «o Senhor está comigo, que o Senhor está connosco, que o Senhor ressuscitou».