O Papa Francisco criou treze novos cardeais no sétimo consistório do Pontificado

A caminho com Jesus

cq5dam.thumbnail.cropped.500.281.jpeg
01 dezembro 2020

No final a visita a Bento XVI e no dia seguinte a concelebração da missa no primeiro domingo de Advento


ROMA, 28 DE NOVEMBRO

Na tarde de 28 de novembro, na Basílica de São Pedro, o Sumo Pontífice Francisco presidiu ao Consistório público ordinário para a criação de treze Cardeais, a imposição do barrete, a entrega do anel e a atribuição do título ou da diaconia.

O Santo Padre entrou na Basílica às 16 horas e foi em procissão até ao altar da Cátedra. Tendo tomado o seu lugar, ouviu o discurso de saudação pronunciado pelo Secretário-Geral do Sínodo dos Bispos, o primeiro dos novos Purpurados. Depois de ter recitado a oração inicial e após a proclamação do Evangelho (Mc 10, 32-45), o Papa proferiu a homilia. Em seguida, leu a fórmula para a
criação dos Cardeais, proclamando os seus nomes:

— Mario Grech, Bispo Emérito de Gozo (Malta), Secretário-Geral do Sínodo dos Bispos;

— Marcello Semeraro, Prefeito da Congregação para as Causas dos Santos, Administrador Apostólico de Albano (Itália);

— Antoine Kambanda, Arcebispo de Kigali (Ruanda);

— Wilton Daniel Gregory, Arcebispo de Washington (Estados Unidos da América);

— Josef F. Advincula, Arcebispo de Capiz (Filipinas);

— Celestino Aós Braco, Arcebispo de Santiago do Chile;

— Cornelius Sim, Bispo Titular de Putia in Numidia, Vigário Apostólico do Brunei;

— Augusto Paolo Lojudice, Arcebispo de Siena–Colle di Val d’Elsa–Montalcino (Itália);

— Mauro Gambetti, Arcebispo Titular de Thisiduo;

— Felipe Arizmendi Esquivel, Bispo Emérito de San Cristóbal de Las Casas (México);

— Silvano Maria Tomasi, Arcebispo Titular de Acelum, Núncio Apostólico, Delegado Especial junto da Soberana Ordem Militar de Malta;

— Raniero Cantalamessa, Pregador da Casa Pontifícia;

— Enrico Feroci, Arcebispo Titular de Cures Sabinorum.

Entre os novos Purpurados criados não estavam presentes na Basílica — devido à atual pandemia — Suas Eminências os Senhores Cardeais Advincula e Sim. Seguiram-se a imposição do barrete,
a entrega do anel e a atribuição do título ou da diaconia a cada um deles. A celebração terminou com a Bênção Apostólica, que o Santo Padre concedeu aos presentes, e com o canto da antífona
mariana «Salve Regina».