· Cidade do Vaticano ·

Visita do Pontífice à comunidade Cenáculo que acolhe pessoas em situações de dificuldade

Juntos rumo a um caminho melhor

cq5dam.thumbnail.cropped.500.281.jpeg
14 dezembro 2021

Para o Papa Francisco o dia da solenidade da Imaculada Conceição — que começou às 6h15 com a peregrinação mariana ao coração de Roma — culminou à tarde com uma visita significativa à Comunidade Cenáculo, informou a Sala de imprensa da Santa Sé.

O Papa chegou à sede romana da Comunidade pouco antes das 16h30. Foi acolhido por cerca de 25 irmãos e irmãs da confraria “Bom Samaritano”, juntamente com as pessoas que são acolhidas e assistidas na sua fragilidade. Estavam presentes também representantes de outras confrarias italianas.

Em primeiro lugar, Francisco assistiu à projeção de um filme sobre a vida de São José, realizado pelos jovens hóspedes das duas confrarias de Medjugorje. Depois ouviu alguns testemunhos de acolhimento e de renascimento da parte de quantos vivem a experiência da Comunidade.

Em seguida, o Papa tomou a palavra, em primeiro lugar para agradecer à Comunidade Cenáculo o serviço às pessoas mais frágeis. E depois encorajou o caminho dos jovens que viveram experiências negativas. «Não tenhais medo da realidade, da verdade, das nossas misérias», sugeriu. «Não tenhais medo — insistiu — pois Jesus gosta da realidade como é, sem pinturas; o Senhor não gosta de pessoas que pintam a alma, que pintam o coração».

Mas não acaba aqui, salientou Francisco, pois precisamente a quem viveu ou vive realidades problemáticas pediu para ajudar «muitos jovens que se encontram em situações como a vossa». Por fim, exortou a ter «a coragem de dizer: “Pensa que há um caminho melhor”».

Com este apaixonado convite à esperança, ao visitar a sede da confraria, o Pontífice quis saudar todos os presentes, um por um. Depois, benzeu a capela — tendo ao seu lado o padre Luigi Epicoco, assistente eclesiástico do Dicastério para a Comunicação — construída pelos próprios membros da confraria, com objetos reciclados, que pretendem significar também a renovação da vida de cada pessoa. Em seguida, Francisco guiou a oração dedicada a São José, contida na carta apostólica Patris corde, confiando o mundo e a Igreja à sua proteção, no final do Ano especial que lhe foi dedicado, inaugurado a 8 de dezembro de 2020. O Papa regressou ao Vaticano às 18h20.

A experiência da Comunidade Cenáculo começou a 16 de julho de 1983, dia de Nossa Senhora do Carmo, numa casa degradada e abandonada, disponibilizada pelo município na colina de Saluzzo, uma pequena cidade na província de Cuneo, quando a irmã Elvira Petrozzi procurou dar a resposta da ternura de Deus ao clamor de desespero de numerosos jovens desorientados, enganados e desiludidos.

Assim nasceu um lugar de acolhimento e serviço à vida, que se tornou uma fonte de esperança e de renascimento para muitas pessoas desorientadas no mundo das trevas, tristes, marginalizadas, desesperadas, vítimas da droga. Ao longo dos anos, as casas da Comunidade Cenáculo, chamadas confrarias, multiplicaram-se primeiro em Itália, depois na Europa e no mundo. Atualmente são 71 em 20 países.