· Cidade do Vaticano ·

Na solenidade de Cristo Rei o Papa celebrou com os jovens a xxxvi Jornada mundial da juventude

Sonhadores e construtores entre os destroços do mundo

cq5dam.thumbnail.cropped.500.281.jpeg
23 novembro 2021

Jovens capazes de sonhar, de ser consciência crítica da sociedade, de construir esperança no meio dos destroços do mundo: a eles o Papa Francisco confiou o futuro do planeta, convidando-os a «ter a coragem de ir contra a maré» e de se sentir «parte viva da Igreja, protagonistas da sua missão». Com uma representação das novas gerações da “sua” diocese, o bispo de Roma celebrou na manhã de domingo, 21 de novembro, solenidade de Cristo Rei, a xxxvi Jornada mundial da juventude, presidindo à missa na basílica de São Pedro e depois recitando o Angelus da janela do Palácio apostólico. «Obrigado», disse dirigindo-se a eles, «por quando cultivais o sonho da fraternidade, por quando vos preocupais com as feridas da criação, por quando lutais pela dignidade dos mais fracos e difundis o espírito de solidariedade e partilha».