· Cidade do Vaticano ·

Mensagem ao Fórum mundial sobre a alimentação promovido pela Fao

Ninguém permaneça sem os meios necessários para uma vida digna

cq5dam.thumbnail.cropped.500.281.jpeg
12 outubro 2021

Publicamos o texto da mensagem — assinada pelo cardeal secretário de Estado — que o Papa Francisco enviou ao diretor-geral da Fao, Qu Dongyu, por ocasião da inauguração do Fórum mundial sobre a alimentação, que se realiza em Roma de 1 a 5 de outubro.

Senhor Diretor-Geral

Saúdo cordialmente, em nome do Santo Padre Francisco, todos os participantes no Fórum Mundial sobre a Alimentação, que tem com objetivo promover ações lideradas pelos jovens para a transformação dos nossos sistemas alimentares. Agradeço a Sua Excelência e ao Comité da Juventude da fao por terem escolhido oportunamente convocar esta significativa reunião e oferecer o vosso apoio a uma nova geração de líderes que têm fome de justiça.

Hoje, os jovens de todo o mundo cultivam a sua criatividade e energia para enfrentar as causas estruturais da atual crise alimentar, desde os conflitos armados prolongados até aos efeitos devastadores das alterações climáticas. O seu sentido de pertença à mesma comunidade e ao planeta confia-vos com urgência a tarefa de agir e resolver os desafios que a família humana enfrenta de formas inovadoras. O seu dom para nós é trazer soluções inovadoras para problemas antigos e a coragem de não ser limitado por um pensamento míope que se recusa a mudar.

Há algumas semanas, os líderes mundiais reuniram-se em Nova Iorque para celebrar a Cimeira das Nações Unidas sobre os sistemas alimentares. Comprometeram-se a trabalhar em conjunto para alcançar a implementação do Objetivo de desenvolvimento sustentável número 2, que procura erradicar a fome no mundo. As suas palavras são uma promessa aos nossos irmãos e irmãs, aos nossos filhos e filhas, e aos nossos netos.

Com esta convicção, peço a todos os jovens reunidos no Fórum mundial sobre a alimentação que sejam intrépidos e resolutos. Peço-lhes que se mantenham unidos e firmes na sua determinação. Que não sejam mesquinhos nos seus sonhos, que lutem por um futuro melhor e transformem estas aspirações em ações concretas e significativas. Que deixem para trás rotinas e falsas miragens e regenerem este mundo abalado pela pandemia. E tudo isto se tornará uma realidade feliz se semearem a solidariedade, a criatividade e a nobreza de espírito.

Cabe a quantos agora têm de cumprir os compromissos assumidos nos últimos meses não desapontar as novas gerações. Olhai profundamente nos olhos dos jovens que vos pedem mudanças, e escutai. Ouvi as suas preocupações e inspirai-vos na sua visão, pois é o nosso presente que irá definir o seu futuro.

Que nos recordem a nossa determinação de ter esperança face ao desespero e de permanecer unidos na missão de garantir que ninguém permaneça sem os meios necessários para levar uma vida digna.

Rezo por todos vós para que o vosso trabalho nestes dias possa ser repleto de Bênçãos divinas.

Vaticano, 1 de outubro de 2021

Cardeal Pietro Parolin

Secretário de Estado