· Cidade do Vaticano ·

Um olhar de esperança

cq5dam.thumbnail.cropped.500.281.jpeg
28 setembro 2021

«Não fechemos as portas à esperança»: com este apelo, lançado no final do Angelus de 26 de setembro, o Papa Francisco recordou o Dia mundial do migrante e do refugiado, cujo tema foi: «Rumo a um nós cada vez maior». Depois de ter guiado a oração mariana com os fiéis presentes ao meio-dia na praça de São Pedro, da janela do Palácio apostólico, o Pontífice reiterou que «é necessário caminhar juntos, sem preconceitos nem temores, colocando-nos ao lado dos mais vulneráveis: migrantes, refugiados, deslocados, vítimas de tráfico e abandonados». E exortou «a construir um mundo cada vez mais inclusivo, sem excluir ninguém».

Página 12