· Cidade do Vaticano ·

Graças à Esmolaria apostólica

Testes para crianças afegãs refugiadas em Roma

cq5dam.thumbnail.cropped.500.281.jpeg
14 setembro 2021
Lanchavam com um grupo de voluntários do bairro quando, de surpresa, na tarde de terça-feira 7 de setembro, o cardeal esmoler Konrad Krajewski, acompanhado pelos médicos Massimo Ralli e Leonardo Russo, chegou a “Tor Bella Monaca”, na periferia oriental de Roma, onde um grupo de crianças vivem hospedadas pelas missionárias da Caridade de Santa Teresa de Calcutá. Objetivo? Fazer testes a todos, incluindo as religiosas, levantamentos de diagnóstico que permitirão que o grupo termine a quarentena e inicie as atividades e a vida escolar na Itália. No total, 14 crianças, 11 meninas e 3 meninos, chegaram há poucos dias do Afeganistão, acompanhadas por quatro religiosas da família fundada por Madre Teresa, que as assistiam em Cabul. Com idades que ...

Este conteúdo é reservado aos Assinantes

paywall-offer
Estimada Leitora, querido Leitor,
la leitura de L’Osservatore Romano em todas as suas edições é reservada aos Assinantes
Assine até 30 de setembro e poderá usufruir do preço promocional de €20 anuais