· Cidade do Vaticano ·

Oração no vídeo mensal do Papa

Por um estilo de vida sóbrio e ecossustentável

cq5dam.thumbnail.cropped.500.281.jpeg
07 setembro 2021

«Escolhamos mudar! Caminhemos juntos com os jovens rumo a estilos de vida mais simples e respeitadores do meio ambiente». Foi com encorajamento veemente que Francisco renovou o compromisso de «um estilo de vida sóbrio e ecossustentável», como intenção de oração para setembro, no vídeo mensal divulgado na tarde de 1 de setembro pela Rede mundial de oração do Papa.

«Alegra-me muito ver que os jovens têm a coragem de empreender projetos de melhoramento ambiental e social, duas realidades que caminham de mãos dadas», foram as palavras do Pontífice. «Nós, adultos — garantiu — podemos aprender muito com os jovens, pois para tudo o que concerne os cuidados do planeta, os jovens estão na vanguarda».

E assim, sugeriu Francisco na mensagem de vídeo, «sigamos o exemplo deles. Reflitamos, especialmente nestes momentos de crise — crise sanitária, crise social e crise ambiental — reflitamos sobre o nosso estilo de vida». E, mais uma vez, «sobre o modo de nos nutrirmos, de consumir, de nos movermos, ou o uso que fazemos da água, da energia, do plástico e de tantos bens materiais, frequentemente prejudiciais para a terra».

Eis o convite a ter a coragem de mudar. E também a rezar, «a fim de que todos tomemos as decisões corajosas, as decisões necessárias para uma vida mais sóbria e ecossustentável, regozijando-nos com os jovens que já estão empenhados nesta mudança, e não são irresponsáveis, pois estão comprometidos pelo seu futuro. É por isso que eles querem mudar o que herdarão, quando já não estivermos aqui».

Para o jesuíta Frédéric Fornos, diretor internacional da Rede mundial de oração do Papa, «mais uma vez, as palavras de Francisco não podem deixar-nos indiferentes. Face à crise ecológica, há a necessidade urgente de mudar o nosso estilo de vida para que seja sóbrio e solidário. Estamos conscientes desta urgência?». Segundo Fornos, «quando o Papa nos fala de ecologia integral, indica que tudo na nossa vida está interligado. Para proteger a nossa casa comum, as palavras já não são suficientes». E exortou: «Rezemos para agir com a coragem dos jovens, para levar uma vida mais sóbria e ecossustentável. Na Laudato si’, Francisco propõe-nos um caminho, um regresso à simplicidade, à fraternidade com a criação e com os mais necessitados».

Difundido através do site www.thepopevideo.org, o vídeo, traduzido em 23 línguas, foi realizado e produzido pela Rede mundial de oração, em colaboração com a agência La Machi e o Dicastério para a comunicação.