· Cidade do Vaticano ·

Interrompe-se depois de cem anos a missão dos barnabitas

Mantendo acesa a luz do Evangelho

cq5dam.thumbnail.cropped.500.281.jpeg
31 agosto 2021
«In manus tuas, Domine. Podemos apenas dizer isto hoje, voltando a entregar nas mãos de Deus estes cem anos de missão. A missão confiada aos padres barnabitas, concebida para o Afeganistão desde 1921, tem um futuro incerto. Veremos o que o futuro nos reserva, qual será a vontade de Deus». Quando os talibãs proclamaram o Emirado islâmico do Afeganistão, o padre Giovanni Rizzi, missionário barnabita, biblista e historiador da congregação, confirma a «L’Osservatore Romano» que o padre Giovanni Scalese, seu irmão de hábito atualmente superior da Missio sui iuris no Afeganistão, o único sacerdote católico presente no país, está prestes a regressar à Itália e, com ele, todo o pessoal ...

Este conteúdo é reservado aos Assinantes

paywall-offer
Estimada Leitora, querido Leitor,
la leitura de L’Osservatore Romano em todas as suas edições é reservada aos Assinantes
Assine até 30 de setembro e poderá usufruir do preço promocional de €20 anuais