Segundo um relatório do programa da Onu para o desenvolvimento

A pandemia ampliou a disparidade entre países ricos e pobres

cq5dam.thumbnail.cropped.500.281.jpeg
20 julho 2021
Apandemia acentuou as desigualdades e ampliou a disparidade entre países ricos e pobres, apesar dos esforços feitos para garantir formas de proteção social. Foi a conclusão de um relatório do Programa das Nações Unidas para o desenvolvimento, segundo o qual os países ricos gastaram 212 vezes mais do que os países pobres em assistência per capita para amortecer os efeitos económicos da Covid. A nível global, foram investidos 2.900 biliões de dólares em políticas de proteção social, mas os países em desenvolvimento gastaram apenas 379 biliões de dólares. Enquanto os países de rendimento elevado deram cerca de 847 dólares per capita em ajuda, os países de rendimento ...

Este conteúdo é reservado aos Assinantes

paywall-offer
Estimada Leitora, querido Leitor,
la leitura de L’Osservatore Romano em todas as suas edições é reservada aos Assinantes
Assine até 30 de setembro e poderá usufruir do preço promocional de €20 anuais