· Cidade do Vaticano ·

Palavras do Papa no final da missa em Assis

Agradecimento aos tradutores

cq5dam.thumbnail.cropped.500.281.jpeg
06 outubro 2020

No final da Missa, celebrada diante do túmulo de São Francisco de Assis, na tarde de 3 de outubro, antes de assinar a Encíclica «Fratelli tutti», o Papa disse:

Agora vou assinar a Encíclica trazida ao altar por Mons. Paolo Braida, encarregado das traduções e também dos discursos do Papa na Primeira Secção. Ele supervisiona tudo e por isso quis que ele estivesse aqui presente hoje e que me trouxesse a Encíclica. Com ele vieram dois tradutores: o padre António, tradutor de língua portuguesa, que traduziu do espanhol para o português; e o padre Cruz, que é espanhol, e reviu um pouco as outras traduções do original em espanhol. Faço-o em sinal de gratidão a toda a Primeira Secção da Secretaria de Estado, que trabalhou nesta redação e tradução.

[Depois assina a Encíclica].

Estes tradutores são humildes: escondem-se!