· Cidade do Vaticano ·

Arquivo Apostólico do Vaticano

cq5dam.thumbnail.cropped.500.281.jpeg

Um site por semana

01 setembro 2020

Um património histórico ao serviço dos estudiosos de todo o mundo. O Arquivo Apostólico do Vaticano é um dos centros de investigação mais importantes que existem atualmente. Constituído por mais de 600 fontes de arquivo, doze séculos de história percorridos ao longo de 85 quilómetros lineares de estantes. Foi reintroduzido ao Arquivo do  Vaticano o nome de  “Apostólico”, por vontade do Papa Francisco, a 22 de outubro de 2019, remontando assim às origens da fundação do instituto, desejado há 400 anos pelo Papa Paulo v e mais tarde rebatizado como “Arquivo Secreto do Vaticano”, enfatizando com “secretum” (para separar, distinguir, reservar) a concentração de documentos de diferentes escritórios num único local privado, separado e reservado do Papa. No seu interior são conservados, entre outros, os arquivos históricos dos departamentos da Cúria e mais de 75 representações diplomáticas da Santa Sé e os arquivos completos dos dois últimos Concílios ecuménicos. Um  tesouro de história. O Papa Leão xii, em 1881, abriu as suas portas aos estudiosos. A proteção do património documental e a sua valorização como memória histórica estão entre as principais missões. Sob o novo nome, o endereço de acesso à Internet também foi alterado. Após as férias de verão, os Arquivos serão reabertos aos estudiosos a 31 de agosto de 2020.

www.archivioapostolicovaticano.va

Fabio Bolzetta