· Cidade do Vaticano ·

Para a conversão a libertação e a salvação do povo coreano

cq5dam.thumbnail.cropped.500.281.jpeg

A diocese de Pyongyang consagrada a Nossa Senhora de Fátima

25 agosto 2020

No dia 15 de agosto, solenidade da Assunção da Bem-Aventurada Virgem Maria, a diocese de Pyongyang foi dedicada a Nossa Senhora de Fátima, durante uma concelebração eucarística na catedral de Myeong-dong, presidida pelo cardeal arcebispo de Seul, Andrew Yeom Soo-jung, administrador apostólico de Pyongyang. Entre os concelebrantes, estavam presentes o núncio apostólico na Coreia e na Mongólia, arcebispo Alfred Xuereb, os bispos auxiliares de Seoul, Timothy Yu Gyoung-chon e Job Koo Yobi, assim como numerosos sacerdotes da capital sul-coreana. Em preparação para esta consagração, o purpurado enviou uma carta especial aos fiéis, pedindo que em todas as paróquias se celebrasse a Missa a 15 de agosto. Para esta ocasião, o Papa Francisco transmitiu uma mensagem ao cardeal Andrew  Yeom Soo-jung, acompanhada da bênção apostólica: «Estou certo de que as graças desta celebração», escreveu o Pontífice entre outras coisas, «aprofundarão em todos vós o desejo de ouvir a boa nova do Evangelho, o que nos permite abrir o coração a uma nova maneira de pensar, que vai além da divisão, e tecer relações justas e fraternas. Dado que esta celebração coincidirá com o 75º aniversário do Dia da libertação nacional coreana, peço a todos vós que vos unais a mim em oração pela conversão dos corações e pelo triunfo de uma cultura da vida, da reconciliação, do amor fraterno e da paz duradoura na Península coreana. No nosso mundo, em rápida contração, somos desafiados não só a respeitar-nos, mas também a sentir-nos responsáveis uns pelos outros, construindo pontes e promovendo o desenvolvimento humano sustentável, fundamentado no respeito pelos valores humanos autênticos e pela dignidade inviolável de todos». É a primeira vez que se celebra este evento, desde que a diocese de Pyongyang foi fundada como prefeitura apostólica, em 1927.