· Cidade do Vaticano ·

O Papa reza pelos trabalhadores do mar

cq5dam.thumbnail.cropped.500.281.jpeg

Na intenção para o mês de agosto

18 agosto 2020

Uma vida dura, feita de fadigas e distância, muitas vezes de perigo e exploração. No centenário do Apostolado do Mar — Stella Maris, o vídeo da rede mundial de oração do Papa para o mês de agosto é dedicado ao mundo dos marinheiros. Uma sequência de imagens com cenas de trabalho em barcos de pesca, em portos, em grandes navios, em mares tempestuosos e cansativas cargas e descargas de mercadorias, é dramaticamente acompanhada por figuras de familiares ansiosos à beira-mar pelo regresso de um navio que partiu sabe-se lá há quantos meses. A curta-metragem — lançada na tarde de 4 de agosto — alcança o planeta inteiro  ocupando-se de um complexo de atividades humanas no qual se mostra claramente como tudo está “interligado”. O Papa Francisco convida-nos a rezar «por todas as pessoas que trabalham e vivem do mar, incluindo marinheiros, pescadores e as suas famílias», recordando que a vida deles é «muito dura», marcada, para muitos, pelos flagelos da exploração e do abuso. A atividade dos marinheiros, de facto, enfatiza o Pontífice, «é por vezes caraterizada pelo trabalho forçado ou pelo abandono em portos distantes», muitas vezes complicado pela «concorrência da pesca industrial» e pela «poluição». No entanto, é um trabalho precioso: «Sem marinheiros», diz Francisco, «em muitas partes do mundo, passaríamos fome».

O vídeo — distribuído, como habitualmente, através do website www.thepopevideo.org e traduzido em nove línguas — foi criado e produzido pela Rede Mundial de Oração do Papa em colaboração com a agência La Machi e o Dicastério para a Comunicação.