Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

mulher igreja...

 

1 de Setembro de 2016

A mulher existe?

Com este número questionamo-nos em que consiste a diferença feminina, realidade na qual nós acreditamos e que defendemos de ideologias que consideram poder obter a liberdade unicamente negando qualquer diferença. Existe uma diferença antropológico-cultural, criada por milénios de marginalização das mulheres na esfera privada, mas que afinou caraterísticas certamente não desprezíveis, e que ao c...

Outros artigos Em PDF

1 de Julho de 2016

Para reconstruir esperanças

A reconciliação é um tema que afunda as raízes no nosso passado recente, nos genocídios e nos extermínios de massa do século XX, mas também no nosso presente não menos atormentado e necessitado de renovar laços e reconstruir esperanças. Sobre a reconciliação, que é algo mais que pacificação, sendo a sua reelaboração a um plano mais alto englobando memória e justiça, já se trabalhou e ainda muit...

Outros artigos Em PDF

Procurar descer mais em profundidade para investigar a identidade feminina: este é o objetivo que queremos atingir com os próximos três números de «mulheres igreja mundo». Uma investigação que não pode deixar de partir do âmago da diferença, a maternidade, declinada neste número como capacidade de cuidado, que as mulheres sabem exercer em todos os âmbitos, tanto na vida privada quanto na públic...

Outros artigos Em PDF

2 de Maio de 2016

Ainda a Visitação

Começamos o quinto ano de mulheres igreja mundo com uma grande novidade — a mudança de formato — mas também com um retorno: com efeito, neste número voltamos a refletir sobre aquele que foi o nosso tema inicial, a Visitação.

Outros artigos Em PDF

1 de Abril de 2016

O olhar das mulheres judias

Neste momento, pareceu-nos importante refletir sobre os textos hebraicos, em particular sobre como foram lidos e interpretados numa ótica que nos interessa iluminar, a das mulheres.

Outros artigos Em PDF

1 de Março de 2016

Mulheres que pregam

Nos tempos de Jesus, entre os pobres ninguém era mais pobre de uma viúva, mulher sem homem, portanto sem direitos nem proteção. O mundo e a sociedade onde Jesus viveu e se movimentou são fundamentalmente estruturados com base num modelo patriarcal; as mulheres são socialmente invisíveis, vítimas de uma invisibilidade típica de uma condição jurídica de minoria, aliás de exclusão.

Outros artigos Em PDF

1 de Fevereiro de 2016

As associações femininas cristãs

A falta de solidariedade feminina é um dos muitos estereótipos relativos às mulheres: elas estariam tão ocupadas a conquistar a atenção dos homens a ponto de não notar as próprias semelhantes, aliás consideradas concorrentes ameaçadoras. Todavia, mais uma vez, a história narra o contrário. Demonstram-no muitas vicissitudes das nossas sociedades, assim como tantos acontecimentos do milenar p...

Outros artigos Em PDF

Se olharmos de fora para a Igreja, a impressão que temos de cada celebração no Vaticano, de qualquer reunião de alto nível que se ocupe do futuro, de qualquer momento de comunicação com o mundo externo, é de que estamos perante a um mundo rigorosamente masculino, no qual não existe colaboração com as mulheres. As mulheres – e sabemos bem que são muitas e indispensáveis na vida da Igreja – não s...

Outros artigos Em PDF

Jubileu e misericórdia são de todos, pertencem em igual medida tanto às mulheres como aos homens. Se o jubileu, tempo de perdão dos pecados, conversão e penitência, é sobretudo o ano de Cristo,que declinação pode ter o jubileu da misericórdia no feminino? É esta a pergunta que tratamos neste número de «mulheres igreja mundo».

Outros artigos Em PDF

Em África a bipolaridade homem-mulher vive-se numa relação de tensão dialéctica ainda hoje por resolver: no conceito africano, excepto nalgumas excepções encorajadoras, parece que a mulher, em alguns aspectos, conta pouco. Metaforicamente é vista como «uma gota de água da chuva» que não sabe onde vai cair.

Outros artigos Em PDF

Edição em papel

 

AO VIVO

30 de Setembro de 2016

Próximos eventos

HIGHLIGHTS