Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

Zilda Arns caminha para a beatificação

Em 2015 o episcopado brasileiro iniciará o processo para a beatificação de Zilda Arns (1934-2010), missionária leiga e pediatra, uma das mais famosas activistas pelos direitos humanos no Brasil, paladina da luta contra a desnutrição e a mortalidade infantil (o processo partirá só então porque o pedido só pode ser apresentado depois do quinto aniversário da morte do candidato). Em 1983 Arns fundou a Pastoral da Criança, uma organização humanitária católica ligada à Conferência nacional dos bispos do Brasil, que hoje trabalha em mais de vinte países entre a América Latina, a África e a Ásia. Mãe de cinco filhos e irmã do cardeal Paulo Evaristo Arns, candidata três vezes ao Nobel para a paz, em 2002 Zilda recebeu o prémio da Pan American health organization pelo empenho humanitário. Faleceu no dia 12 de Janeiro de 2010 no terramoto que destruiu o Haiti. Tinha chegado à ilha uma semana antes para enfrentar o drama da desnutrição.

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

20 de Novembro de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS