Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

Yulia Tymoshenko rumo à liberdade

· Viragem na Ucrânia enquanto se dissolve o poder de Ianukovich ·

Dissolve-se o poder do presidente ucraniano, Viktor Ianukovich, não obstante o compromisso assinado ontem entre o Governo e a oposição – graças à mediação dos representantes da União europeia – para procurar resolver a gravíssima crise depois de semanas de conflitos sanguinolentos que causaram dezenas de vítimas inocentes.

Ianukovich abandonou a capital e encontrar-se-ia em Kharkiv, cidade na fronteira com a Rússia, de onde falará hoje através de uma televisão local, comunicou Anna Gherman, deputada e conselheira do chefe de Estado. Entretanto, o Parlamento aprovou – com 322 votos a favor – a libertação imediata da ex-primeira-ministra Yulia Tymoshenko, há meses na prisão, «com base numa decisão tomada pelo Tribunal europeu para os direitos do homem», portanto sem a necessidade de esperar a assinatura do presidente Ianukovich.

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

22 de Setembro de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS