Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

​Vinte e quatro horas
de oração

· Programa da peregrinação ao santuário de Fátima ·

A recitação do rosário na capelinha das aparições e a missa celebrada ao ar livre serão os dois momentos fortes da viagem que o Papa realizará a 12 e 13 de maio próximo ao santuário de Nossa Senhora de Fátima, por ocasião do centenário das aparições de Nossa Senhora aos três pastorinhos na Cova da Iria. Quase vinte e quatro horas de oração em terra portuguesa. De facto, o Pontífice partirá de Fiumicino às 14h00 de sexta-feira 12 e aterrará na base aérea de Monte Real às 16h20 (hora local). O voo de regresso a Roma está previsto às 15h00 do dia seguinte.

Depois da cerimónia de boas-vindas, do encontro particular com o presidente da República portuguesa e da visita à capela da base aérea, Francisco transfere-se de helicóptero para o estádio de Fátima e dali, numa viatura aberta, alcançará o santuário. A noite será caraterizada pela visita à capelinha das aparições, com a bênção das velas e a recitação do rosário.

Na manhã de sábado 13 o Pontífice terá um breve encontro com o primeiro-ministro português na casa Nossa Senhora do Carmo. Em seguida fará uma visita ao santuário antes de celebrar, no adro, a missa solene e depois saudará os doentes presentes. No final, Francisco voltará para a casa Nossa Senhora do Carmo, onde almoça juntamente com os bispos locais. Por fim, no início da tarde, haverá a cerimónia de despedida na base aérea de Monte Real e o regresso.

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

20 de Agosto de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS