Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

Uma veste branca sobressai entre as barracas

· O Papa Francisco no bairro degradado de Pietralata visita um acampamento e celebra na paróquia romana de São Miguel Arcanjo ·

Do portão de chapa sobressai uma veste branca: «É o Papa! É o Papa!». A visita que não esperas. Um raio de sol numa vida feita de sacrifícios. Antes de chegar à paróquia de São Miguel Arcanjo, em Pietralata, para a programada visita na tarde de domingo 8 de Fevereiro, o Papa Francisco quis visitar o campo Arcobaleno em Ponte Mammolo, uma favela na periferia norte-oriental de Roma, nas margens do rio Aniene.

Acompanhado pelo pároco de São Miguel, padre Aristide Sana, pouco antes das 16h00 Francisco chegou ao campo que hospeda ciganos e refugiados assistidos pelos voluntários da Comunidade de Santo Egídio. Depois da surpresa e do desconcerto iniciais, o Pontífice foi literalmente abraçado pelos pobres, famílias comovidas e incrédulas que saíam dos casebres, crianças que o circundavam. O Papa perguntou: ¿Quién habla castellano? E, em voz alta, o grupo de latino-americanos, respondeu: ¡Todos! Então, Francisco trocou algumas palavras com cada um, acariciou as crianças e convidou todos a recitar juntos o Pai-Nosso, concluindo com a bênção. Ao sair do campo, o Pontífice encontrou-se com uma família de ucranianos e, carinhosamente, quis dialogar alguns minutos com eles, dizendo-lhes: «Rezo todos os dias pela paz no vosso país!».

Começou assim — na simplicidade de um gesto de atenção a quantos tiveram que abandonar a própria terra e, num país estrangeiro, procura com dificuldade reconstruir o seu futuro — a tarde romana do Papa Francisco. Não foram necessários grandes discursos. O poder dos gestos vai além das palavras.

Maurizio Fontana

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

20 de Outubro de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS