Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

Um sínodo
aberto aos não-crentes

· No caminho rumo à jmj na cidade do Panamá o Papa recordou aos jovens o encontro de 2018 ·

Um «Sínodo para e de todos os jovens». Aliás, o de 2018 deverá ser «o Sínodo dos jovens»: para os católicos, que pertencem às associações católicas, mas também para aqueles que se sentem agnósticos, que têm a fé tíbia e os que se sentem afastados da Igreja; até para os que se sentem ateus. Porque «cada jovem tem algo a dizer aos outros, a dizer aos adultos, aos sacerdotes, às religiosas, aos bispos e ao Papa». Frisou com vigor Francisco durante a vigília de oração presidida na noite de sábado, 8 de abril, na basílica romana de Santa Maria Maior, na presença dos participantes no encontro internacional «De Cracóvia a Panamá: o Sínodo a caminho com os jovens», organizado pela secretaria geral do organismo sinodal e pelo Dicastério para os leigos, a família e a vida.

Palavras do Papa 

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

24 de Agosto de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS