Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

Três temas
no Conselho de cardeais

· Governatorado, Secretaria de Estado e Instituto para as obras de religião ·

O Conselho de cardeais está reunido desde ontem, 1 de Julho, em Santa Marta, e sobre os seus trabalhos fez referência na manhã de quarta-feira, padre Federico Lombardi, director da Sala de imprensa da Santa Sé. O Papa Francisco participa em todas as reuniões, e também hoje, como acontece no período de Verão, quando estão suspensas as audiências gerais. O secretário de Estado, cardeal Pietro Parolin, está presente regularmente nas reuniões, e o Pontífice estabeleceu que participe a pleno título no Conselho, que agora portanto conta nove membros.

Foram três os principais temas até agora tratados. De facto, o Conselho ocupou-se de questões relativas ao Governatorado do Estado da Cidade do Vaticano, em particular com a ajuda do cardeal presidente Giuseppe Bertello. Reflectiu-se sobre o trabalho e a organização da Secretaria de Estado, tema sobre o qual se pronunciou o cardeal Parolin. Por fim, aprofundou-se a questão sobre a nova organização do Instituto para as obras de religião (Ior). Sobre este tema participaram nas reuniões, em duas etapas, também os cardeais membros da comissão cardinalícia de vigilância presentes em Roma (Santos Abril y Castelló, Thomas Collins, Jean-Louis Tauran, além de Pietro Parolin).

A propósito de notícias difundidas recentemente pelos meios de comunicação, o director da Sala de imprensa da Santa Sé declarou o seguinte: «O Ior encontra-se num momento de transição e de desenvolvimento natural e sereno. O contributo do presidente Ernst von Freyberg continua a ser profundamente apreciado e avaliado muito positivamente. Ulteriores esclarecimentos são possíveis, aliás prováveis, na próxima semana, depois do encontro do Conselho para a Economia, que terá lugar no sábado».

Depois o Padre Lombardi explicou de modo conciso a ordem do dia do próximo Conselho para a Economia, que tratará dos estatutos e do programa de trabalho, e que será informado sobre os desenvolvimentos relativos ao Ior e, da parte da Prefeitura para os assuntos económicos, sobre o balanço de 2013 e o orçamento para o ano em curso. O director da Sala de imprensa da Santa Sé anunciou também que é possível prever uma importante conferência de imprensa para a próxima semana, durante a qual serão apresentados vários temas relativos ao âmbito das competências do Conselho e da Secretaria para a Economia, entre as quais o Ior.

O Conselho continua os trabalhos tendo em consideração e desenvolvendo sistematicamente as reflexões já iniciadas sobre os diversos organismos da Cúria romana.

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

15 de Outubro de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS