Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

Tornamo-nos amigos e irmãos


· O Papa Francisco encontrou-se com a comunidade judaica no Templo maior de Roma ·

«De inimigos e desconhecidos, tornamo-nos amigos e irmãos». No Templo maior de Roma o Papa Francisco resumiu com estas palavras os últimos cinquenta anos de relações entre católicos e judeus. Tendo ido em visita na tarde de domingo 17 de Janeiro à comunidade judaica, o Pontífice elogiou o «diálogo sistemático» entre as duas partes que se «tornou possível» graças à Declaração conciliar Nostra aetate. O Vaticano II, explicou, «delineou o caminho» e, definindo «teologicamente pela primeira vez de maneira explícita, as relações da Igreja católica com o judaísmo», forneceu «um importantíssimo estímulo para ulteriores e necessárias reflexões».

Discurso do Papa 

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

15 de Outubro de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS