Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

​Tecnologias como instrumentos

· ​O Pontífice convidou a usar os recursos on line de modo livre e crítico ·

Não é suficiente que os jovens aprendam a usar as novas tecnologias, devem aprender a «utilizá-las como instrumentos, tornando-se capazes de recorrer às mesmas de modo livre e crítico». Frisou o Papa Francisco ao receber na manhã de quarta-feira, 5 de outubro, antes da audiência geral, os dirigentes da fundação Vodafone que lhe apresentaram uma iniciativa de solidariedade para os jovens africanos denominada «Instant Schools for Africa».

«Este projeto – afirmou o Pontífice – insere-se no horizonte amplo e diversificado de intervenções públicas e particulares, destinadas a promover um mundo mais inclusivo, mais solidário, mais capaz de oferecer oportunidades de desenvolvimento a pessoas e grupos sociais que arriscam a exclusão».

O Papa expressou também o desejo «de que entre os recursos oferecidos aos jovens haja o acesso informático aos textos sagrados das várias religiões, em diferentes línguas. Este seria um bom sinal de atenção à dimensão religiosa, tão enraizada nos povos africanos, e de encorajamento ao diálogo inter-religioso».

Discurso do Papa  

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

14 de Outubro de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS