Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

​Solidariedade na cidade

· ​Mensagem para a rede mundial de oração ·

«Para que os idosos, os marginalizados e as pessoas sozinhas encontrem, inclusive nas grandes cidades, oportunidades de encontro e solidariedade». É a intenção universal proposta pelo Pontífice para o mês de junho e difundida no site (www.apmej.org) da Rede mundial de oração do Papa (Apostolado da oração). «Nas cidades é frequente o abandono dos idosos e enfermos, podemos ignorá-lo?», é a pergunta que faz o Santo Padre, falando em espanhol num vídeo transmitido online e legendado em seis línguas (www.thepopevideo.org).

«As nossas cidades — afirma o Papa, motivando a intenção de oração mensal — deveria caracterizar-se sobretudo pela solidariedade, que não consiste unicamente em dar ao necessitado, mas em sermos responsáveis uns pelos outros, criando uma cultura do encontro». E insiste: «Estás comigo na minha petição?». Corroborando as palavras de Francisco, o vídeo propõe uma série de imagens significativas. O fio condutor é constituído pela história de dois jovens músicos de rua que decidem tocar ao lado de uma pessoa marginalizada e até àquele momento ignorada pelos transeuntes, oferecendo-lhe todo o dinheiro recolhido pela sua exibição artística. Um gesto que exprime a importância de cuidar de quem está em necessidade. No vídeo são propostas também imagens de um menino que abraça e acompanha um idoso, num aperto de mãos entre gerações, e de um grupo de voluntários comprometidos em recolher ajudas.

Como os precedentes, este vídeo foi preparado pela agência La Machi, que se ocupa da produção e da distribuição, em colaboração com o Centro televisivo vaticano que o gravou. No site não faltam indicações sobre o modo como fazer parte da Rede mundial de oração do Papa», entrando em contacto com o departamento nacional dos vários países. Além disso, é possível usar «o material para propagar as intenções mensais» do Pontífice e fazer doações, contribuindo assim para tornar «o mundo consciente dos desafios da humanidade».

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

17 de Agosto de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS