Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

Sofrimento partilhado

· No discurso do Papa ao patriarca Mar Dhinka IV a preocupação pelas guerras no Médio oriente e as violências contra os cristãos ·

Não há «razões religiosas, políticas nem económicas que possam justificar o que está a acontecer a centenas de milhares de homens, mulheres e crianças inocentes» no Médio oriente. Afirmou o Papa Francisco no discursos dirigido ao catholicos patriarca da Igreja assíria do Oriente, Mar Dinkha IV, recebido em audiência na manhã de quinta-feira, 2 de Outubro. «O nosso encontro – frisou o Pontífice – está marcado pelo sofrimento que partilhamos pelas guerras que estão a atravessar diversas regiões do Médio Oriente e, em particular, pelas violências que atingem os cristãos e quantos fazem parte de outras minorias religiosas, especialmente no Iraque e na Síria. Quantos irmãos e irmãs sofrem uma perseguição diária! Quando pensamos no seu sofrimento, vem-nos espontâneo ir além das distinções de rito ou de confissão: neles é o corpo de Cristo que, ainda hoje, é ferido, atingido e humilhado».

Texto do discurso do Papa 

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

20 de Novembro de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS