Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

Servos por herança

· O Papa Francisco celebra a missa in cena Domini e lava os pés a doze deficientes de dom Gnocchi ·

«Devemos ser servidores uns dos outros». Recordou o Papa Francisco durante a missa in cena Domini presidida na tarde de 17 de Abril, quinta-feira santa, no centro Santa Maria da Providência, da fundação dom Gnocchi, em Roma. 

Durante a celebração, na qual participaram os hóspedes acompanhados pelos seus familiares, empregados, voluntários e responsáveis, o Pontífice presidiu ao rito do lava-pés a doze deficientes: oito homens e quatro mulheres entre 16 e 86 anos, nove italianos e três estrangeiros, um dos quais de fé muçulmana.

Um gesto que o próprio Papa Francisco explicou na breve homilia improvisada: «É um gesto de despedida. É a herança que nos deixa. Ele é Deus e fez-se servo, nosso servidor. E a herança é esta: também vós deveis ser servos uns dos outros. E ele percorreu esta estrada por amor: também vós deveis amar-vos e ser servidores no amor».

«Esta – confirmou – é a herança que Jesus nos deixa. E faz esse gesto de lavar os pés, que é um gesto simbólico: realizavam-no os escravos, os servos aos comensais». Portanto, também nós «devemos ser servidores uns dos outros».

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

20 de Agosto de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS