Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

Sem mulheres o mundo é estéril

· O Angelus de 8 de Março e a visita à paróquia de Tor Bella Monaca ·

Um mundo que marginaliza as mulheres é «estéril». Porque «as mulheres não só dão a vida, mas trasmitem-nos a capacidade de ver além» e «de entender o mundo com um olhar diverso, de sentir com um coração mais criativo, paciente e terno». 

Disse o Papa Francisco no Angelus de 8 de Março, exprimindo reconhecimento «a todas as mulheres que todos os dias procuram construir uma sociedade mais humana e acolhedora» e afirmando «a importância e a necessidade da sua presença na vida».

Dirigindo-se aos fiéis reunidos na praça de São Pedro o Pontífice renovou o seu «obrigado fraterno» em particular às mulheres «que de mil maneiras testemunham o Evangelho e trabalham na Igreja». Recordou também que o tempo quaresmal é um período propício para deixar que Jesus faça «limpeza» no coração de cada um através «do chicote» da sua misericórdia.

Convite que renovou também durante a tarde que passou na paróquia romana de Santa Maria Mãe do Redentor em Tor Bella Monaca, onde celebrou a missa e se encontrou com diversos componentes da comunidade, denunciando «a injustiça do desemprego e da discriminação» e lançando uma severa advertência contra «os mafiosos» que «exploram os pobres».

Angelus dominical do Papa

Palavras do Papa aos fiéis da paróquia de Tor Bella Monaca

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

19 de Outubro de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS