Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

A revolução das bem-aventuranças

· O Pontífice ao festival da juventude holandesa ·

Os votos para poder «experimentar uma alegria que seja nova, pura e intensa», isto é, aquela que só pode ser encontrada em Jesus» foram expressos pelo Papa Francisco aos participantes no festival nacional da juventude católica holandesa, reunidos recentemente na abadia de Mariënkroon, em Nieuwkuijk, nos arredores de Den Bosch.

Numa mensagem enviada aos jovens no dia 25 de Junho, o Pontífice – depois dos agradecimentos ao episcopado local por ter dedicado a reflexão para o encontro à novidade, à pureza e à intensidade sugeridas pelo trecho do evangelho de Mateus (5, 3-12) – repropos-lhes o percurso trienal de preparação espiritual já sugerido na perspectiva da próxima Jmj que terá lugar em Cracóvia em 2016. De resto, explicou, o texto da bem-aventuranças é «extraordinário» no qual podemos encontrar «um verdadeiro programa de vida, que pode servir como guia no caminho rumo à felicidade autêntica».

Não só: «As bem-aventuranças de Jesus são revolucionárias», porque «apresentam um modelo de felicidade contrário à lógica deste mundo. Quantos Jesus proclama “bem-aventurados” – comentou a este propósito – são considerados inúteis, “perdedores”». Enquanto «aquilo que o mundo glorifica é o sucesso a qualquer custo, a riqueza, o poder finalizado a si mesmo e a auto-afirmação em prejuízo dos outros».

No sermão da Montanha «Jesus propõe uma definição muito diferente do que significa ser feliz; indica o caminho para a vida e a felicidade autêntica, o caminho que Ele mesmo seguiu. De facto, o próprio Jesus é o caminho! Durante toda a sua vida demonstrou de modo concreto como viver cada uma das bem-aventuranças». Por isso, prossegue a mensagem pontifícia evocando o tríplice tema do encontro, «se contemplarmos Jesus na sua pobreza, na sua pureza de coração e na sua misericórdia, não hesitaremos a empreender o caminho que leva à felicidade autêntica».

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

22 de Outubro de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS