Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

Redes de misericórdia

· O tema jubilar no centro da mensagem para o dia mundial das comunicações sociais ·

«Comunicação e misericórdia: um encontro fecundo». A temática jubilar está no centro da mensagem do Papa Francisco para o quinquagésimo dia mundial das comunicações sociais, que este ano se celebra, em muitos países, no domingo 8 de Maio. 

Na mensagem, apresentada na manhã de sexta-feira 22 de Janeiro, o Pontífice explica que «também e-mails, sms, redes sociais e chat podem ser formas de comunicação plenamente humanas». De facto «não é a tecnologia que determina se a comunicação é autêntica ou não, mas o coração do homem e a sua capacidade de fazer bom uso dos meios a seu dispor».

«A comunicação – escreve o Papa – tem o poder de criar pontes, favorecer o encontro e a inclusão, enriquecendo assim a sociedade. Como é bom ver pessoas esforçando-se por escolher cuidadosamente palavras e gestos para superar as incompreensões, curar a memória ferida e construir paz e harmonia. As palavras podem construir pontes entre as pessoas, as famílias, os grupos sociais, os povos. E isto acontece tanto no ambiente físico como no digital. Assim, palavras e acções hão-de ser tais que nos ajudem a sair dos círculos viciosos de condenações e vinganças que mantêm prisioneiros os indivíduos e as nações, expressando-se através de mensagens de ódio. Ao contrário, a palavra do cristão visa fazer crescer a comunhão e, mesmo quando deve com firmeza condenar o mal, procura não romper jamais o relacionamento e a comunicação».

Mensagem do Papa

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

17 de Novembro de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS