Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

​Ramos de oliveira no adro de São Pedro

A Paixão de Cristo continua a reviver nos seus discípulos. No dia em que o Papa Francisco celebrava na praça de São Pedro a missa para o domingo de Ramos e da Paixão do Senhor, fez irrupção a notícia do duplo atentado às igrejas coptas de Tanta e de Alexandria do Egito.

O dia 9 de abril, devia ser um domingo de reflexão sobre os sofrimentos de Cristo na sua Paixão e da celebração da trigésima segunda jornada mundial da juventude, com a passagem da Cruz dos jovens de Cracóvia para os de Panamá, onde se realizará a próxima edição em 2019. O eco do sangue inocente de repente lançou uma sombra de tristeza sobre o clima de festa com o qual quarenta mil pessoas presentes estavam a viver o rito.

Na homilia da missa, o Pontífice comentou o Evangelho da Paixão do Senhor. Atualizando como de costume a reflexão, explicou que Jesus não pede aos homens de hoje para «o contemplar só nos quadros, nas fotografias nem nos vídeos que circulam na rede». Pelo contrário, ele continua a mostrar-se «em muitos nossos irmãos e irmãs que sofrem como Ele: devido a um trabalho escravo, um drama familiar, uma doença» ou «por causa das guerras e do terrorismo, dos interesses que movem as armas e fazem com que atinjam homens e mulheres enganados, violados na sua dignidade, descartados». De facto, reafirmou, «Jesus está neles, em cada um deles, e com o rosto desfigurado, com a voz rouca pede – pede-nos – para ser olhado, reconhecido e amado».

No final da missa, depois do Angelus, os jovens polacos entregaram a cruz e o ícone mariano símbolos da Jmj aos coetáneos de Panamá, sede do próximo encontro internacional.

Homilia do Papa

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

17 de Agosto de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS