Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

​Quando existe o nós
tem início uma revolução

· ​Mensagem vídeo do Papa para o encontro internacional Ted 2017 em Vancouver ·

«É suficiente um só homem para que haja esperança, e podes ser tu aquele homem. Depois há um “tu” e mais outro “tu”, e então tornamo-nos “nós”. E quando existe o “nós”, começa a esperança? Não. Ela começou com o “tu”. Quando existe o nós, tem início uma revolução». Numa mensagem vídeo a jovens norte-americanos reunidos no Canadá, o Papa Francisco reiterou com vigor que «para nós cristãos o futuro tem um nome e este nome é esperança». Quando em Roma eram 3 horas da madrugada de quarta-feira, 26 de abril, o Pontífice interveio no encontro internacional «Ted 2017 – The future you» (O futuro és tu) em Vancouver. Ted é o organismo que tem como objetivo «difundir ideias de valor». Instituída há 25 anos na Califórnia, na sua conferência anual Ted convida pensadores e criadores do mundo a falar durante 18 minutos.

No seu pronunciamento o Pontífice, depois de ter recordado que nasceu numa família de migrantes, reiterou a importância da solidariedade: «palavra — denunciou — que muitos desejam tirar dos dicionários». Inspirando-se no «crescimento das inovações científicas e tecnológicas» fez votos de que ele possa corresponder «também a uma igualdade social cada vez maior. Como seria bom se, enquanto descobrimos novos planetas distantes, redescobríssemos as necessidades do irmão e da irmã que orbitam ao meu redor», acrescentou, frisando que «só a educação para a fraternidade, pode superar a “cultura do descarte”». Como ícone o Papa apresentou o bom samaritano e madre Teresa de Calcutá, exortando a imitar o seu comportamento mesmo que pareça difícil, porque — explicou — «na noite dos conflitos que estamos a atravessar, cada um de nós pode ser uma vela acesa que recorda que a luz prevalece sobre as trevas».

Mensagem vídeo do Papa

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

26 de Agosto de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS