Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

​Próximo das populações congolesas

· ​No Angelus o Papa lançou um novo apelo a favor do fim das violências ·

 «Sinto forte a dor pelas vítimas, especialmente por tantas crianças arrancadas das famílias e da escola» na República Democrática do Congo. A «tragédia» das crianças-soldado foi recordada pelo Papa Francisco no Angelus de domingo 19 de fevereiro. Entristecido pelas «notícias de conflitos violentos e brutais na região do Kasai» que continuam a chegar do país africano, o Pontífice lançou de novo «um apelo urgente à consciência e à responsabilidade das autoridades nacionais e da comunidade internacional, a fim de que tomem decisões adequadas e tempestivas».

Depois pediu que os fiéis na praça de São Pedro rezassem uma Ave-Maria também «por todas as populações que noutras partes do continente africano e do mundo sofrem devido à violência e à guerra», como por exemplo, «as queridas populações do Paquistão e do Iraque, atingido recentemente por cruéis atos terroristas. Rezemos fervorosamente – disse – para que cada coração endurecido pelo ódio se converta à paz, segundo a vontade de Deus».

Angelus do Papa  

  

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

24 de Outubro de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS