Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

​Proximidade
da Igreja

· ​Rescrito pontifício sobre a reforma do processo matrimonial ·

«As leis que agora entram em vigor pretendem manifestar a proximidade da Igreja às famílias feridas», para que quantos vivem o drama da falência conjugal sejam abrangidos «pela obra renovadora de Cristo, através das estruturas eclesiásticas».

Assim estabeleceu Francisco no rescrito sobre o cumprimento e a observância da nova normativa do processo matrimonial, publicado sexta-feira 11 de Dezembro. Entregue ao decano do Tribunal da Rota romana nas vésperas da Imaculada Conceição, «em feliz coincidência com a abertura do Jubileu», o documento refere-se aos motu proprio Mitis Iudex Dominus Iesus e Mitis et Misericors Iesus de 15 de Agosto, queridos pelo Papa «para praticar a misericórdia sobre a verdade do vínculo de quantos experimentaram a falência matrimonial».

Texto do rescrito(link: à página em italiano)

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

23 de Outubro de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS