Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

Protocolo entre freiras e carabineiros na Sardenha

Ajudar as vítimas reduzidas ao estado de escravidão, exploração e comércio de escravos extra-comunitários e europeus; dar esperança aos que querem fugir das condições de exploração: são estes os objectivos do protocolo de acordo assinado e renovado, já pelo quinto ano consecutivo, entre a irmã Ignazia Mercede Miscali, responsável pela congregação das Filhas da Caridade de São Vicente de Paolo, e o comandante da legião dos carabineiros da Sardenha, general Luigi Robusto. Depois da assinatura do pacto, subscrito na caserna Zuddas e enviado a todos os presídios dos Carabineiros que têm 277 estações na ilha, a irmã Ignazia exprimiu uma grande satisfação pelo trabalho concreto desempenhado juntos até aqui.

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

26 de Agosto de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS