Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

​A porta da caridade

· O Papa no albergue da estação «Termini» no dia seguinte ao anúncio da canonização de madre Teresa de Calcutá ·

O Papa Francisco abre a «porta da caridade» do albergue da estação «Termini» em Roma. Na tarde de sexta-feira 18 de Dezembro – exactamente no dia seguinte à promulgação do decreto que abre as portas à canonização da beata Teresa de Calcutá, grande apóstola da caridade do nosso tempo – o Pontífice visita a estrutura de acolhimento da Cáritas dedicada a padre Luigi Di Liegro, onde há 25 anos os pobres e os sem-abrigo encontram hospitalidade. Depois de atravessar a porta santa de um dos muitos «lugares de vulnerabilidade e marginalização» da cidade, Francisco entra no refeitório João Paulo II, para celebrar a missa na presença dos hóspedes dos centros Cáritas. Este é o primeiro de uma série de «sinais» com os quais o Papa – uma sexta-feira por mês durante todo o ano santo – testemunhará proximidade aos necessitados, dando expressão concreta às obras de misericórdia corporal e espiritual recomendadas pela Igreja.

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

22 de Agosto de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS