Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

Pela conversão dos terroristas
e dos traficantes de armas

· ​No domingo de Ramos a oração do Pontífice depois dos atentados contra a humanidade copta no Egito ·

«O Senhor converta o coração das pessoas que semeiam terror, violência e morte, e também o coração de quantos constroem e traficam as armas»: abalado pelas dramáticas notícias que começam a chegar também à praça de São Pedro do Egito, o Papa Francisco rezou pelas vítimas dos atentados contra os cristãos coptas no domingo de Ramos. As suas palavras ressoaram na manhã de 9 de abril, antes do Angelus com o qual concluiu a missa no adro da basílica do Vaticano por ocasião da trigésima segunda jornada mundial da juventude, celebrada este ano a nível diocesano. «A Cristo, que hoje entra na Paixão, e à Virgem Santa» o Pontífice confiou quer «as vítimas do atentado terrorista ocorrido na sexta-feira passada em Estocolmo» quer «quantos ainda estão duramente provados pela guerra, catástrofe da humanidade». E a este ponto, informado sobre um dos ataques que semearam morte no país onde irá nos próximos dias 28 e 29 de abril, Francisco quis expressar «ao querido irmão, Sua Santidade Papa Tawadros II, à Igreja Copta e a toda a querida nação egípcia», o próprio «profundo pesar» garantindo orações «pelos falecidos e pelos feridos» e proximidade «aos familiares e à inteira comunidade».

Angelus do Papa

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

20 de Setembro de 2018

NOTÍCIAS RELACIONADAS