Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

Paz para a Ucrânia

· No Ângelus o apelo do Papa Francisco no dia em que se celebra a festa nacional ·

O Papa volta a invocar «paz e serenidade» para a Ucrânia, onde o persistir de «uma situação de tensão e conflito» provoca «tanto sofrimento entre a população civil». 

No Ângelus de domingo 24 de Agosto, dia em que o país celebra o aniversário da independência, o Pontífice dirigiu o seu pensamento àquela «amada terra» e convidou os fiéis na praça de São Pedro a recitar uma Ave Maria à «Rainha da paz», rezando em particular «pelas vítimas, pelas famílias e por quantos sofrem».

Anteriormente, referindo-se ao trecho evangélico da liturgia dominical que narra a profissão de fé de Pedro, o bispo de Roma tinha recordado que no desígnio de Jesus a Igreja é «um povo fundado já não na descendência, mas na fé». Desta comunidade «a pedra fundamental é Cristo»; por seu lado, «Pedro é pedra, enquanto fundamento visível da unidade». Mas, esclareceu Francisco, «cada baptizado está chamado a oferecer a Jesus a própria fé, pobre mas sincera, para que ele possa continuar a construir a sua Igreja».

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

18 de Agosto de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS