Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

​Paróquia atípica

· ​Em conversa com o capelão da Guarda Suíça Pontifícia na véspera do juramento dos novos recrutas ·

O papel do capelão dentro da Guarda Suíça Pontifica é poliédrico, porque se trata de guiar uma comunidade cristã que se carateriza por ser uma «paróquia atípica». Assim a define Thomas Widmer, desde há quatro meses novo capelão do Corpo.

Qual é o primeiro balanço da sua experiência como capelão?

Ser capelão significa ser pastor de uma «paróquia atípica», porque há sobretudo jovens que ainda têm a vida pela frente. O meu papel consiste especialmente em acompanhá-los, ser pai e irmão e favorecer o seu crescimento humano e espiritual.

O jubileu extraordinário comportou uma mudança na rotina de serviço das guardas?

Sob o ponto de vista do serviço não há tarefas diferentes. É uma intensificação do nosso habitual serviço, sobretudo devido ao maior número dos encontros nas jornadas do Papa.

Qual é o papel do capelão no âmbito da formação?

O objetivo da formação reservada ao capelão é o amadurecimento humano e espiritual. Para nos confrontarmos com a fé organizamos frequentemente encontros, que neste período se focalizam sobre o significado do ano da misericórdia e sobre os temas contidos na bula Misericordiae vultus .

Há uma atenção especial às emergências atuais: emigração, novas formas de pobreza, marginalização?

Estes temas estão implícita o explicitamente sempre presentes. Nas nossas catequeses falamos, por exemplo, das obras de misericórdia. Há também voluntários que acompanham o arcebispo esmoler Konrad Krajewsiki, que se ocupa dos necessitados e leva alimentos aos pobres. As guardas ajudam também na organização destas saídas ou na distribuição das refeições. Além disso, solicitei as guardas a refletir sobre a possibilidade de seguir um determinado projeto social.

Nicola Gori

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

19 de Agosto de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS