Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

Para uma nova imagem da Igreja

· O episcopado dos Estados Unidos aprova um plano para melhorar a comunicação ·

Os bispos dos Estados Unidos lançaram um plano para melhorar a comunicação, no âmbito dos trabalhos da assembleia geral que se concluiu em Atlanta. O plano, por enquanto ainda nos primeiros passos, esteve no centro das reflexões do episcopado – refere a agência Reuters – em relação à necessidade de mudar a imagem externa da Igreja e de se confrontar sobretudo com as novas gerações, recorrendo a uma maior utilização dos chamados social networks, como por exemplo Twitter e Facebook. Com efeito, vários prelados ressaltaram a percepção de uma comunidade eclesial considerada demasiado lenta na transmissão dos próprios pontos de vista sobre os delicados temas éticos e morais e, às vezes, «conflitual» em termos de  confronto com a sociedade.

Sobre algumas questões, cita-se entre outras a dos abusos sexuais sobre menores, perpetrados por representantes do clero, frisou o cardeal arcebispo de Boston, Sean Patrick O'Malley, «a nossa Igreja não realizou um bom trabalho de comunicação», acrescentando que ela «tem necessidade de uma maior preparação na transmissão da própria mensagem». À reflexão do purpurado acrescentou-se a do bispo de Spokane, Blase J. Cupich: «Temos necessidade de ensinar de uma maneira não agressiva, mas atraente». Enquanto alguns prelados sugeriram a transmissão das próprias opiniões, ultrapassando o canal tradicional da imprensa, o bispo de Tucson, Gerald Frederick Kicanas, exortou a assembleia, ao contrário, «a permanecer aberta a todas as formas de comunicação». D. Kicanas indicou em particular «a importância de não ser sensível às críticas e de se confrontar com pessoas que têm opiniões possivelmente diferentes das nossas, em vista de construir alianças».

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

19 de Novembro de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS