Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

Para construir unidade e esperança

· O Papa Francisco aos peruanos na perspetiva da viagem ·

Trabalhar todos juntos para construir unidade e esperança: foi a tarefa que o Papa Francisco confiou ao povo do Peru, na perspetiva da viagem apostólica prevista de 18 a 21 de janeiro de 2018. Um apelo que o Pontífice dirigiu com uma mensagem vídeo, publicada pelo cardeal Juan Luis Cipriani Thorne, arcebispo de Lima. No vídeo, gravado na Casa Santa Marta, Francisco transmitiu a sua mensagem aos peruanos tendo ao seu lado uma imagem de São Martín de Porres, religioso da ordem dominicana que viveu a sua santidade exatamente em Lima.

Antes de tudo o Papa quis confidenciar o seu «grande desejo» de ir ao Peru. «Sois um povo que tem muitos recursos», reconheceu. Mas, acrescentou, «o recurso mais bonito que um povo pode ter é o recurso dos santos». Nisto o Peru tem grandes perspetivas porque tem «muitos e grandes santos que distinguiram a América Latina». Trata-se de santos – afirmou Francisco – que «construíram a Igreja», levando em frente a missão «da dispersão para a unidade». De resto, insistiu o Pontífice, «um santo age sempre nesta direção: a partir do que está disperso rumo à unidade». E foi precisamente «isto que Jesus fez: um cristão deve seguir este caminho».

Portanto, com esta mensagem vídeo o Papa quis convidar os peruanos a percorrer um verdadeiro caminho de unidade seguindo o exemplo dos testemunhos dos muitos santos bem conhecidos pelo povo e radicados na própria história do país. «Quem trabalha em prol da unidade olha para a frente», disse. Mas, advertiu, pode-se olhar para a frente também «com ceticismo e amargura». Uma atitude que certamente não é cristã. Porque «um cristão olha para a frente com esperança» e «espera alcançar o que o Senhor prometeu». Foi com este convite a criar unidade e a ter esperança que Francisco marcou encontro em janeiro com todos os peruanos, pedindo para ritmar a expectativa dessa viagem com a oração recíproca.

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

20 de Outubro de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS