Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

Os novos rostos da escravidão

· Documento comum da Caritas internationalis e do Pontifício Conselho para a pastoral dos migrantes e itinerantes ·

«Talvez fosse melhor não falar mais de tráfico mas directamente de “escravidão moderna” para evitar ambiguidades, desconfianças e equívocos», explica Michelle Hough no final do vídeo de dois minutos produzido pela Caritas internationalis com o apoio da Embaixada dos Estados Unidos junto da Santa Sé: imagens desfocadas, ritmo convulsivo e enquadramentos intencionalmente «confusos» para narrar um mundo submerso feito de violência e abusos, o mundo do comércio de seres humanos.

O vídeo concluiu o encontro que teve lugar na manhã de 29 de Abril no Palácio São Calisto, no Pontifício Conselho para os Leigos, organizado para apresentar e promover «O compromisso cristão contra o tráfico», um documento comum da Caritas internationalis e do Pontifício Conselho para a Pastoral dos migrantes e itinerantes.

«Quando uma pessoa é vítima de tráfico – lê-se no texto – torna-se muito difícil e frequentemente perigoso evitar aquela situação. Quando os sobreviventes do tráfico decidem fugir deparam-se inevitavelmente com muitíssimas dificuldades. A eles é negado o acesso a direitos como a protecção médica e serviços de consulta. Além disso, qualquer forma de assistência de que necessitem está condicionada por uma espécie de cooperação com as autoridades, prescindindo do perigo ao qual poderia estar exposta a pessoa traficada».

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

21 de Outubro de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS