Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

Os menores assassinados nas Honduras

Segundo a ong Casa Alianza, que defende os menores da América Latina, entre Janeiro de 2010 e Dezembro de 2013 foram assinadas nas Honduras 3.800 crianças e jovens com menos de 23 anos. Desde 1998 a ong recolhe as estatísticas sobre estes crimes. Em 2013 foram registradas 1.013 mortes violentas de meninas, meninos e jovens, com um aumento de 102 casos em relação ao ano anterior. Só no mês de Dezembro foram matadas 87 (70 de sexo masculino e 17 de sexo feminino). A ong denunciou a impunidade com que se cometem estes crimes: a sensação difundida entre os cidadãos é que a polícia se limite somente a recolher os corpos e, quando são pedidos, a entregá-los às respectivas famílias, mas nada mais. Estes homicídios ficariam somente um documento entre os actos judiciais. O quadro que aparece confirma o dado que caracteriza as Honduras, catalogado como um dos Países mais violentos do mundo.

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

18 de Agosto de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS