Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

​Óleo e crisma

Quase dois mil sacerdotes concelebraram a missa crismal presidida pelo Papa Francisco no altar da Confissão da basílica de São Pedro, na manhã de Quinta-Feira Santa. No dia em que os presbíteros renovam as promessas sacerdotais, o Pontífice falou do anúncio de alegria do Evangelho. Um dos momentos fortes da celebração foi a bênção do óleo e a consagração do crisma, introduzido pela procissão com três carrinhos – de cores diversas segundo o óleo contido nas ânforas – que partiu da capela da Piedade, através do transepto dos Santos Processo e Martiniano, ao cântico de Ó Redemptor. Os carrinhos – de cor branca para o óleo dos enfermos, roxo para o dos catecúmenos, vermelho para o crisma – foram levados por quatro diáconos. Outro diácono levava uma pequena ânfora com as substâncias perfumadas, depois derramadas no crisma. O Papa inclinou-se para soprar sobre a ânfora com o santo crisma e recitou a oração. O óleo para a celebração da missa foi oferecido pela Sacristia Pontifícia, e as essências perfumadas foram fornecidas por Alchimia Natura de Módena e pela quinta cítrica Misilmeri de Palermo. O óleo será destinado à catedral de São João de Latrão, onde serão distribuídos aos sacerdotes de Roma para a administração dos sacramentos durante o ano.

No final da manhã, como já se tornou habitual, o Papa Francisco quis viver um especial momento de comunhão com dez párocos romanos, sacerdotes diocesanos e religiosos. Na habitação do arcebispo Angelo Becciu, substituto da Secretaria de Estado, o Pontífice almoçou com eles num encontro durante o qual os participantes, num clima de fraternidade, dialogaram, entre outras coisas, sobre o tema central da homilia da missa crismal acabada de celebrar na basílica de São Pedro: o anúncio jubiloso do Evangelho.

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

14 de Outubro de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS