Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

O terrorismo é sempre uma loucura

· O Papa Francisco no aniversário do atentado anti-judaico em Buenos Aires ·

«O terrorismo é uma loucura. O terrorismo só sabe matar, não sabe construir; destrói»: eis quanto afirmou o Papa Francisco numa mensagem vídeo para recordar o vigésimo aniversário do atentado contra a sede da Asociación Mutual Israelita Argentina (Amia), ocorrido em Buenos Aires a 18 de Julho de 1994. Nesse dia fizeram explodir um caminhão cheio de trinitrotolueno (Tnt) no estacionamento do edifício que hospedava os escritórios da Associação. A explosão causou oitenta e cinco vítimas e mais de duzentos feridos.

«Vinte anos depois da tragédia da Amia – diz o Papa Francisco – desejo manifestar a minha proximidade à comunidade israelita argentina e a todos os familiares das vítimas, quer judeus, quer cristãos». Portanto, recordando as numerosas «vidas ceifadas, esperanças destruídas, ruínas» provocadas pelo vil atentado, o Pontífice exortou os argentinos a reflectir sobre os prantos provocados por aquela tragédia e a não esquecer, porque «somos muito propensos a arquivar as coisas – explica no vídeo – a não encarar histórias, sofrimentos, coisas que poderiam ter sido bonitas e não foram». Por esta razão, acrescentou, «custa-nos muito empreender o caminho da justiça, para enfrentar os prejuízos» que esta tragédia infligiu à sociedade.

«Faça-se justiça» foi o seu apelo conclusivo antes de rezar pelas vítimas e abençoar as suas famílias.

A mensagem vídeo foi gravada com um telemóvel por Claudio Epelman, director do Congresso judaico latino-americano – o qual nos últimos dias tinha visitado o Papa Francisco - e depois difundida através de todos os social networks.

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

14 de Dezembro de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS