Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

O Ruanda recorda o genocídio

Começaram no Ruanda as comemorações vinte anos depois do genocídio. Numa cerimónia realizada no memorial de Kigali, o ministro dos Negócios Estrangeiros, Luise Mushikiwabo, acendeu uma tocha que simboliza a memória colectiva. A chama, da capital, será levada a todas as aldeias do país antes do período de luto nacional, que terá início no próximo dia 7 de Abril. Cerca de oitocentas mil pessoas foram mortas nas violências perpetradas por milícias hutu extremistas e grupos armados, de Abril a Junho de 1994. As vítimas foram prevalecentemente da etnia tutsi.

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

21 de Agosto de 2017

Próximos eventos

NOTÍCIAS RELACIONADAS