Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

O risco de uma escolha

· ​No domingo do Bom pastor o Pontífice ordenou 19 sacerdotes e recordou João Paulo II ·

«Imitai o Pai que nunca se cansa de perdoar»: foi a exortação que Francisco confiou aos dezanove sacerdotes ordenados na manhã de domingo, 26 de Abril, na basílica de São Pedro. Pronunciando a homilia ritual prevista pelo Pontifical Romano, o Papa integrou-a com acréscimos pessoais, recomendando particular atenção ao ministério da reconciliação: «Peço-vos que nunca vos canseis de ser misericordiosos. No confessionário, estareis para perdoar e não para condenar!». Noutro trecho reflectiu sobre as homilias: «que as vossas – exortou – não sejam maçadoras» mas «que alcancem o coração das pessoas porque saem do vosso coração». No final o Papa guiou a recitação do Regina caeli com os fiéis na praça de São Pedro, convidando a rezar pelas vítimas do terramoto no Nepal e recordando o aniversário da canonização de João Paulo II. «Ressoe sempre – disse – a sua evocação “Abri as portas a Cristo!”, que dizia com aquela voz forte e santa».

Homilia do Papa  

Palavras no Regina caeli

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

22 de Agosto de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS