Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

O Pontífice
na Porciúncula

· A 4 de agosto ·

Menos de três horas de visita, todas concentradas naquela «pequena porção» que no passado dia 28 de junho o Papa definiu «o coração propulsor da ordem» dos frades menores: é a peregrinação que o Pontífice realizará no próximo dia 4 de agosto à Porciúncula, a igrejinha onde em 1209 o Pobrezinho de Assis fundou a ordem franciscana e onde numa visão obteve em 1216 a indulgência aprovada por Honório III.

O Papa irá ali precisamente por ocasião do oitavo centenário do Perdão de Assis, que será aberto dois dias antes com a solene missa celebrada pelo cardeal Gualtiero Bassetti, arcebispo de Perúsia - Città della Pieve. Serão três os momentos que ritmarão a visita do Pontífice: a oração pessoal na Porciúncula, uma meditação proposta a todos os presentes, e por fim, um encontro com os frades hóspedes na enfermaria provincial do santuário.

A chegada, de helicóptero, está prevista por volta das 15h40 com aterragem no campo desportivo Migaghelli, em Santa Maria dos Anjos, onde Francisco será recebido pelo arcebispo Domenico Sorrentino, bispo de Assis Nocera Umbra – Gualdo Tadino, e pelas autoridades civis. Seguir-se-á a transferência de carro para a basílica de Santa Maria dos Anjos na Porciúncula, onde o Papa será recebido pelo ministro-geral dos frades menores, padre Michael Anthony Perry, pelo provincial da Úmbria, padre Claudio Durighetto, e pelo custódio da Porciúncula, padre Rosario Gugliotta. Dentro haverá um momento de oração silenciosa, e a seguir o Papa proferirá uma meditação sobre o trecho evangélico de Mateus dedicado ao tema do perdão (18, 21-35). No final o Pontífice saudará bispos e superiores das ordens franciscanas presentes, indo a seguir à enfermaria, onde encontrará à sua espera quinze frades e hóspedes, entre os quais um sacerdote da diocese, o pessoal assistente, e três frades. Em seguida, Francisco sairá ao adro para saudar os fiéis reunidos na praça. Daqui, por volta das 18h00, entrará no carro que o levará ao campo desportivo a fim de regressar de helicóptero ao Vaticano.

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

19 de Agosto de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS