Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

O Papa Francisco na Terra Santa

· Apresentado o programa da viagem de 24 a 26 de Maio ·

Foi divulgado na manhã de 27 de Março, pela sala de imprensa da Santa Sé, o programa da viagem que o Papa realizará na Terra Santa, de 24 a 26 de Maio, para celebrar o cinquentenário do abraço histórico entre Paulo VI e o patriarca ecuménico Atenágoras em Jerusalém no dia 5 de Janeiro de 1964.

A partida está prevista para as 8h15 de 24 de Maio, com chegada a Amã na Jordânia às 13h00 locais. A cerimónia de boas-vindas terá lugar às 13h45 no Palácio real Al-Husseini, com a visita de cortesia ao rei e à rainha. Depois, às 14h20, ocorrerá o encontro com as autoridades do Reino jordano. Às 16h00 o Papa celebrará a missa no estádio internacional da capital. Em seguida, às 19h00, visitará o lugar do baptismo de Jesus em Betânia, nas margens do rio Jordão. E nessa mesma localidade, na igreja latina, encontrar-se-á com um grupo de refugiados e de jovens portadores de deficiência.

Na manhã de domingo, 25 de Maio, o Pontífice partirá de helicóptero para Belém, onde chegará às 9h30. A cerimónia de boas-vindas terá lugar no Palácio presidencial, onde será recebido pelo presidente do Estado da Palestina, Abu Mazen. Seguir-se-á o encontro com as demais autoridades da Palestina. Às 11h00, na praça da Manjedoura, será celebrada a missa e recitada a prece do Regina coeli. Em seguida, às 13h30, o Pontífice almoçará com algumas famílias palestinianas no convento franciscano Casa Nova de Belém e às 15h00 está prevista uma visita particular à gruta da Natividade. Imediatamente depois, no Phoenix center do campo de refugiados de Dheisheh, saudará as crianças hóspedes dos campos de Dheisheh, Aida e Beit Jibrin. Um pouco antes das 16h00 terá lugar a despedida, com a partida de helicóptero para o aeroporto internacional Ben Gurion de Tel Aviv, onde o Papa chegará às 16h30 e será recebido durante uma cerimónia de boas-vindas a Israel. Às 17h15, transferir-se-á de helicóptero para Jerusalém, onde um pouco mais tarde terá lugar um encontro particular com o patriarca ecuménico de Constantinopla, Bartolomeu I, na delegação apostólica, para a assinatura de uma declaração conjunta. Às 19h00, na basílica do Santo Sepulcro, terá lugar o encontro ecuménico por ocasião do 50º aniversário do abraço histórico entre Paulo VI e o patriarca Atenágoras. À noite, o Pontífice jantará com os patriarcas e bispos na sede do Patriarcado latino.

O terceiro dia de viagem, 26, começará com a visita ao grão-mufti de Jerusalém no edifício do Grande Conselho na esplanada das mesquitas. Seguir-se-ão a visita ao Muro ocidental, a deposição de flores no Monte Herzl e a visita ao memorial do Yad Vashem. Às 10h45 está previsto o encontro com os dois grão-rabinos de Israel no centro Heichal Shlomo, nos arredores da Grande Sinagoga e, às 11h45, com o presidente de Israel Shimon Peres, no Palácio presidencial. Às 13h00, no Notre Dame Jerusalem Center, receberá em audiência o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu. Às 15h30, acontecerá a visita particular ao patriarca ecuménico Bartolomeu I, no edifício diante da igreja ortodoxa no Horto das Oliveiras. Sucessivamente, na igreja do Getsémani, terá lugar um encontro com sacerdotes, religiosos, religiosas e seminaristas e, às 17h20, na Sala do Cenáculo, o Papa celebrará a missa com os ordinários da Terra Santa. No final da celebração, transferir-se-á de helicóptero para Tel Aviv onde, às 20h00, se despedirá de Israel e partirá de avião para Roma.

O programa foi difundido, praticamente ao mesmo tempo, também durante uma conferência de imprensa na sede do Patriarcado latino de Jerusalém, pelo patriarca Fouad Twal.

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

14 de Dezembro de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS