Nota

Este site utiliza cookies...
Os cookies são pequenos arquivos de texto que ajudam a melhorar a sua experiência de navegação no nosso site. Ao navegar em qualquer parte deste site você autoriza a utilização dos cookies. Poderá encontrar maiores informações sobre a policy dos cookies nas Condições de utilização.

O Papa baptizou vinte e seis recém-nascidos

O choro dos treze meninos e das treze meninas baptizados por Francisco serviu como original «trilha sonora» na missa celebrada na capela Sistina. Munidos de biberões e chupetas, os pais – que trabalham em dicastérios, departamentos e organismos vaticanos – tiveram uma trabalheira para manter quietos os pequenos, aos quais o Papa administrou o sacramento da iniciação cristã precisamente na festa litúrgica do Baptismo do Senhor. Damiano Maria Acquaroni, Ginevra Francesca Maria Bellaveglia, Andrea Lucio Agostino Belisari, Matteo Bernardi, Thomas Biagetti, Gabriele Bondatti, Marlene Pola Caldiero, Rocco Cantore, Greta Cataldo, Arianna Francesca Censoni, Ginevra Maria Corradini, Anna Cordeschi, Edoardo De Leo, Emanuele Della Monaca, Lara Gigli, Aurelio Samuel Ianniello, Sofia Maria Guadalupe Lorenzo, Pier Giorgio Massimilla, Arvid Jan Pavel Panchanka, Francesco Biagio Rinaldi, Vittoria Severin, Irene Maria Sonni, Chiara Tucci, Valentina Venanzi, Claudia Sonia Venia e Leonardo Alberto Francesco Zamponi – são os nomes dos recém-nascidos – estavam acompanhados por padrinhos e madrinhas e por um pequeno grupo de parentes que participaram na liturgia.

Homilia do Papa

Edição em papel

 

AO VIVO

Praça De São Pedro

24 de Outubro de 2019

NOTÍCIAS RELACIONADAS